Ensaios

Charles Stansfeld Jones

por Frater Keron-ε em Biografias

Charles Stansfeld Jones
História

Charles Stansfeld Jones

por Frater Keron-ε

Faze o que tu queres deverá ser o todo da Lei.

Charles Stansfeld Jones

Charles Stansfeld Jones

Charles R. John Stansfeld Jones (Frater O.I.V.V.I.O.) é considerado o filho mágico da Besta 666. Foi ele quem descobriu a chave para O Livro da Lei, como profetizado no mesmo. Juntou-se a A∴A∴ em 1912 e.v. sob o mote U.I.O.O.I.U. (Unus in Omnibus, Omnia in Uno), sob instrução de Frater Per Ardua (J. F. C. Fuller). Em 26 de Fevereiro de 1913 e.v. recebe uma carta do Cancellarius da Ordem, passando-o a Neófito, sob o seu mais famoso mote, Achad (Um, unidade).

Juntando-se a Ordo Templi Orientis (organização maçônica espúria chefiada por Crowley) inicia um processo de expansão pela América e Canadá, através da Loja em Vancouver, sendo patenteado no IX° por Theodor Reuss.

Em 21 de Junho de 1916 e.v. (no Solstício), Jones realiza o juramento do grau 8º=3 e se torna um Bebê do Abismo. Menos de um mês depois, escreve um telegrama para Crowley sobre o feito, e o mesmo demorou a compreender o ocorrido: “Após ele (Crowley) averiguar que eu pulei no Abismo em seu favor para que pudesse assumir o grau de Magus que clamava ter atingido, escreveu pra mim, ‘Ainda estou in profundis’”.

Para ele foi um ato sem precedente na história da magia. Estava além de sua imaginação conceber tal evento, pois jamais um homem, em tão pouco tempo, tornara-se um Magister Templi[1].

Mesmo ignorando a operação feita por Crowley, Jones compreendeu perfeitamente o que estava fazendo e tornou-se “A Criança” prevista em Liber AL. A Besta entusiasmou-se com a possibilidade de possuir um herdeiro de sua obra. Vários fatores contribuíram para isso:

  • Crowley estava tentando por meios tradicionais conceber um filho com duas mulheres. De Junho a Setembro nada conseguiu;
  • A palavra de passe no período do nascimento de O.I.V.V.I.O. (o mote de Jones quando da operação) era SOL-OM-ON (Salomão) o filho do adultério do rei Davi;
  • O.I.V.V.I.O. nasceu 9 meses depois do Equinócio de Libra (Outono de 1915 e.v.);
  • Entre 20 e 21 de Setembro Crowley sonhou com sua mulher escarlate Hilarion[2] onde realizavam a operação do IXº da Ordo Templi Orientis.
Charles Stansfeld Jones

Charles Stansfeld Jones

Em 1917, no Solstício de Inverno, Jones descobriu a chave para Liber AL referente ao número 31. A palavra Achad possui como soma cabalística 13 cujo inverso é 31. 31 é o número de AL e de LA que significa “Não” ou Nuit. Pelo tarô, 31(os atus XX e XI) é igual a ShT (Set ou Shaitan). Somando LAShTAL (31 x 3) encontramos 93, o número sagrado de Thelema – apresenta a conclusão posteriormente em 1919. 666 escreve a ele Liber Aleph em 1918.

Porém, tristes eventos estavam por vir.

Em 1923 Achad publica O Renascer do Egito, onde demonstra sinais de insanidade. Invertera a Árvore da Vida e acreditou ter ultrapassado seu antigo instrutor chegado ao grau de Ipsisissimus.

Crowley, obviamente, não aceita. Também afirma que ele falhou ao não completar a escalada dos graus da ordem, como não publicar o tratado do grau de Adeptus Exemptus, etc. Jones questionou seu superior ao afirmar que, quando recebeu O Livro da Lei, ele não poderia ter emitido a palavra do Æon (que segundo a tradição, só pode ser feito por um Magus e, na época, não havia atingido tal grau) e a palavra Abrahadabra recebida posteriormente no devido grau, também não seria a correta.

Em seguida Jones juntou-se à Igreja Católica, para forçá-los, por dentro, a aceitar a Lei de Thelema. Ao desembarcar em Vancouver, o faz apenas com uma galocha e, a fim de combater a supressão ortodoxa, correu nu pela cidade. Sendo preso, concluiu a sua travessia do Abismo e publica o seu diário do evento.

Continuando a briga com seu antigo mestre, Jones tenta arruinar a sua obra, principalmente a Ordo Templi Orientis, sendo assim, Crowley o expulsa da ordem. Em seguida Jones publica um ensaio onde promulga que Aiwass seria uma inteligência maligna, inimiga da humanidade e A Besta 666 o seu pior inimigo.

Em 1936 e.v. publica seu Liber 31, onde fala de sua associação com Crowley e da revelação do segredo de O Livro da Lei.

Falece pouco depois de Crowley em 1948 e.v., após anunciar o fim do Æon de Hórus e o início do Æon de Maat.

Apesar da aparente insanidade (às vezes comum naqueles que saltam o Abismo, principalmente nos não preparados onde se tornam vítimas de Choronzon, a dispersão de Dee e Kelly) Jones validou Liber AL e deixou vários trabalhos como herança de qualidade ímpar, principalmente em Cabala.

Lamen de Frater Achad

Bibliografia

Publicados:

  • Um Mestre do Templo, Liber CLXXV (A Master of the Temple, Liber CLXXV);
  • Saindo do Velho Æon e entrando no Novo (Stepping Out of the Old Aeon and into the New);
  • Trita e Um Hinos à Deusa das Estrelas (Thirty-one Hymns to the Star Goddess);
  • Q.B.L., ou A Recepção da Noiva (Q.B.L., or The Bride’s Reception);
  • Visões de Cristal através de uma Bola de Cristal (Crystal Vision through Crystal Gazing);
  • O Cálice do Êxtase (The Chalice of Ecstasy);
  • O Renascer do Egito (The Egyptian Revival);
  • A Anatomia do Corpo de Deus (The Anatomy of the Body of God);
  • De Mysteriis Rosæ Rubeæ et Aureæ Crucis;
  • Liber Trinta e Um (Liber Thirty-one).

Não publicados:

  • O Alpha e o Omega da Iniciação (The Alpha and Omega of Initiation);
  • Um Mestre do Templo, parte dois (A Master of the Temple, part two).

Amor é a lei, amor sob vontade.

Notas de Rodapé    (↵ voltar)
  1. Mestre do Templo. – Nota do Editor. ↵ voltar
  2. Jane Foster. – Nota do Editor. ↵ voltar

© 2016 e.v. - Frater Keron-ε





Charles Stansfeld Jones

Revisão: Frater Keron-ε e Jonatas Lacerda
Edição: Jonatas Lacerda
Versão: 1.0 - 04/03/2011 e.v.

avatar

Frater Keron-ε

Frater Keron-ε conheceu Thelema nos anos 90 juntando-se a A∴A∴ no ramo de Frater Thor. O seu trabalho externo é o site www.astrumargentum.org.

show
 
close
rss Follow on Twitter facebook youtube email